Publicado em

Conheça a origem do estrogonofe e veja como preparar em casa

origem do estrogonofe e preparo

São muitas as teorias sobre a origem do estrogonofe. A mais aceita é a de que o prato foi criado por um chef francês que trabalhava para uma rica família da Rússia, os Stroganov, que acabaram batizando a iguaria.

Confira detalhes sobre sua origem, as melhores carnes e uma receita de um estrogonofe de filé mignon delicioso para seu dia a dia!

Qual a origem do estrogonofe?

O estrogonofe (ou strogonoff) é um prato russo que se espalhou pelo mundo e caiu no gosto do brasileiro. Embora existam diversas teorias sobre sua origem, assim como mencionamos, a mais reconhecida é a de ser uma criação de um chef francês que trabalhava para a família russa Stroganov (ou Strogonov).

Aliás, as famílias russas mais ricas e poderosas em geral apreciavam a cultura francesa. Muitas inclusive possuíam apartamentos em Paris, mandavam seus filhos e filhas para escolas francesas, tinham funcionários franceses, além, é claro, de renomados chefs franceses.

A teoria conta que o estrogonofe surgiu devido aos problemas dentários que o Conde Grigory Stroganov tinha nos anos 1700. Portanto, o chef francês do palácio da família decidiu adaptar uma clássica receita francesa, o fricassé de boeuf  (fricassé de carne), cortando a carne em pequenas tiras e a misturando com creme de leite para facilitar a ingestão da comida.

Apesar de também existir uma história de que o nome do prato venha da palavra “strogat”, que significa “cortar” em russo, a ideia de que o estrogonofe foi batizado por conta da família prevalece.

Hoje em dia, o palácio da família Stroganov está conservado e faz parte dos museus estaduais de São Petersburgo, na Rússia. Mas foi a receita de estrogonofe que imortalizou o nome da família.

À época, levava apenas carne passada levemente na farinha, mostarda dijon, caldo de carne e um pouco de sour cream (creme azedo). O arroz e os cogumelos vieram depois, com a chegada do prato na China. A batata palha, por sua vez, é um extra dos brasileiros. Na Rússia, é servido com purê de batata.

Agora que você sabe sua origem, aprenda a fazer um estrogonofe rápido e prático.

Como fazer estrogonofe?

Mesmo tendo se popularizado, o requinte do estrogonofe vem do berço. Por isso, ao prepará-lo, o ideal é usar uma carne nobre como o filé mignon. O da linha para o dia a dia 481 vem em porção ideal para duas pessoas, já cortado em tiras, como aconselha André de Luca em receita publicada na revista GQ. “Para “sentir bem o gosto da carne”, diz o gourmet.

Outra dica do André é ir fritando a carne aos poucos, para evitar que solte muito líquido na frigideira. Ele também não recomenda o uso farinha de trigo.

Se a dúvida é como fazer molho de estrogonofe, apenas use creme de leite fresco junto do molho inglês e da mostarda dijon, que após alguns minutos de fogo alto acaba reduzindo e engrossando sem a necessidade da farinha.

Confira os ingredientes para um estrogonofe de carne e dicas para um preparo ideal!

Ingredientes:

  • 1 kg de filé mignon cortado em tiras;

  • 350g de cogumelos frescos, em fatias finas;

  • 1,5 cebola média em rodelas finas;

  • 2 colheres de sopa de mostarda dijon;

  • 2 colheres de chá de páprica doce;

  • 1/3 a ½ xícara de conhaque;

  • 1 1/3 xícara de creme de leite fresco;

  • 3 colheres de sopa de molho inglês;

  • 3 colheres de sopa de manteiga sem sal;

  • 4 colheres de sopa de azeite;

  • Sal e pimenta-do-reino moída na hora (a gosto).

Modo de preparo:

Aqueça em fogo alto a panela ou frigideira na qual vai fazer o estrogonofe. Acrescente azeite ou óleo neutro e coloque as tiras de filé mignon para dourar por cerca de dois a três minutos.

Não coloque a carne toda de uma vez. Insira as tiras de filé mignon aos poucos, temperando com sal e pimenta-do-reino enquanto a carne sela. Com a carne selada, tire-a do fogo e a transfira para uma tigela.

Usando a mesma frigideira, acrescente e refogue a cebola com um pouco de manteiga. Assim que a cebola dourar, introduza os cogumelos já fatiados e bem fininhos. Espere alguns minutos para que amoleçam e dourem também.

Retorne a carne à panela junto com a cebola e cogumelos. Se desejar, você pode flambar o estrogonofe com conhaque, assim como na receita original de André de Luca. Porém, tenha cuidado redobrado neste momento.

O chef sugere colocar o conhaque em uma concha de metal e acender o fogo com um palito de fósforo ou isqueiro com bastante cuidado. Em seguida, despeje o conhaque na panela com a carne e espere o álcool evaporar.

Para finalizar, coloque a páprica, o molho inglês e a mostarda dijon. Adicione o creme de leite fresco e mexa de tempos em tempos para reduzir e engrossar a receita de estrogonofe. Acrescente mais sal e pimenta a gosto, caso ache necessário após experimentar.

O acompanhamento de um tradicional estrogonofe no Brasil não pode ficar sem arroz branco e batata palha fina. Por outro lado, você também pode prová-lo com um saboroso purê de batatas, seguindo a linha da origem do estrogonofe tradicional russo.

Para mais detalhes, acesse a receita de estrogonofe de André de Luca, disponível na revista GQ.

Onde comprar carne de estrogonofe?

Você pode comprar estrogonofe de filé mignon para o dia a dia de forma fácil e prática no Empório 481.

Peça online para recebê-lo por delivery com entrega no mesmo dia para a Grande São Paulo ou sob agendamento, de acordo com sua preferência.

Experimente o nosso estrogonofe de filé mignon e compre online agora para embarcar em uma jornada sem volta na evolução do paladar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *